Igreja e Museu São Roque Visita Guiada

INSCRIÇÕES LIMITADAS

7 setembro 2019 – Hora de Início: 11:00h em ponto
Hora Concentração: 10:30h às 10h55
Local Concentração: Largo São Roque (Porta da Igreja)
Valor: 10€ a pagar no local – (Opção MBWay: 939.781.690)
Gratuito para crianças <12 anos (Inscrição Obrigatória)

Igreja – No início do século XVI, encontrava-se neste local, junto à antiga muralha fernandina, um cemitério onde eram sepultadas as vítimas da peste. Sendo conhecidos em toda a Europa Meridional, os milagres de São Roque contra este flagelo, em 1506 o rei D. Manuel I solicitou a Veneza uma relíquia deste santo, a fim de proteger a população de Lisboa. Para a veneração da relíquia, foi construída pelos habitantes da cidade uma ermida junto ao cemitério dos pestíferos.

Em 1540, a Companhia de Jesus chega a Portugal, a convite do rei D. João III, e inicia a partir de Lisboa a sua atividade missionária, tendo escolhido o espaço da antiga ermida de S. Roque para a construção da sua primeira Igreja e Casa Professa.

Em 1553, é concedida à Companhia de Jesus a posse da ermida, procedendo-se, doze anos mais tarde, à construção da Casa Professa e da Igreja de São Roque, sede da Ordem em Portugal. No interior da atual igreja foi, logo de início, reservada uma capela lateral para o culto de São Roque, a qual foi confiada à Irmandade desta invocação. Assim, a memória de São Roque ficaria para sempre ligada à história deste local.

Museu de São Roque foi um dos primeiros museus de arte a serem criados em Portugal. Abriu ao público em 11 de Janeiro de 1905, com a designação de Museu do Thesouro da Capela de São João Baptista, em evocação da importante coleção de arte italiana que esteve na origem da sua criação. Desde a sua abertura ficou instalado no edifício da antiga Casa-Professa da Companhia de Jesus em Lisboa, espaço contíguo à Igreja de São Roque, que tinha sido doado à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa em 1768, após a expulsão dos jesuítas.

Ao longo do século XX foi objeto de várias remodelações ,que permitiram acompanhar as mudanças operadas no domínio da museologia. A remodelação mais profunda foi levada a cabo entre 2006 e 2008, permitindo ao museu ampliar e duplicar a sua área de exposição permanente.

Deixe-nos a sua opinião.